Sol, praia e água fresca

08:36:00


Quem nasce em Natal é Natalense ou Potiguar.

Potiguar, pra quem não sabe, vem do tupi-guarani e quer dizer "comedor de camarão". Aliás o que se come muito bem em Natal é camarão. Rodízios de camarão é o que mais tem na cidade. Só não peça picanha, pois a picanha deles é para nós como uma carne-seca. Mas, para quê pedir carne-seca, digo picanha, se você está "mergulhado" em frutos do mar?

Na Praia da Ponta Negra ficam os melhores hoteis. Toda a orla é tomada por hoteis e resorts e não há acesso para o mar desde a rua. E do lado oposto do mar fica uma reserva natural de dunas. O cartão postal de Ponta Negra é o Morro do Careca.
Morro do Careca - Praia de Ponta Negra
Seguindo pelo norte temos a Praia do Forte com suas piscinas naturais e onde você poderá visitar a Fortaleza do Reis Magos e de lá é possível avistar a ponte Newton Navarro, que, na época que eu fui, em 2005, estava em construção. Essa ponte liga o centro e o norte da cidade.
Forte dos Reis Magos e a ponte ao fundo
Se engana quem pensa que todo o litoral do Rio Grande do Norte é Natal. Algumas cidades nem sempre são mencionadas, já que o turista nem percebe o limite geográfico de uma cidade para outra.

Para andar de buggy com ou sem emoção procure a Praia de Genipabu que fica na cidade de Redinha. E se quiser, pode dar uma voltinha de dromedário (ou camelo) pelas dunas de Genipabu.

Para a prática do Skibunda escolha a lagoa de Jacumã. É muito divertido. Dá vontade de subir e descer infinitas vezes.
Lagoa de Jacumã
Para a prática de mergulho em corais dirija 60km de Natal até as Piscinas Naturais de Parracho de Maracajaú. A praia onde está situada essas piscinas naturais possui uma estrutura de parque aquático chamado Ma-Noa.
Parque aquático Ma-Noa

Mergulho em Maracajaú
Não deixe de visitar a Base de Lançamento de Foguetes Barreira do Inferno.
Base de Lançamento de Foguetes Barreira do Infernos
No município de Parnamirim é possível conhecer o maior cajueiro do mundo. Lá também fica a praia de Piranji, onde é possível fazer um passeio de barco até os corais.
O maior Cajueiro do mundo
Dançar forró, mergulhar em águas mornas, muito sol, cervejinha gelada, belezas naturais e comer camarão! Tem coisa melhor?






Você poderá gostar também de

0 comentários

Obrigado pelo seu comentário!

Postagens Populares

Like us on Facebook

Flickr Images