11, 12, 13... de setembro.

16:33:00



Não queria entrar nessa questão e nem ficar aqui lamentando o que ocorreu há 10 anos atrás em NYC e Washington, mas é preciso discutir. Claro que precisaria de anos de estudos para entender a fundo o que acontece(u).

Pelos documentários que já assisti, vi que os terroristas dos atentados do Onze de Setembro moravam e aprenderam a pilotar nos Estados Unidos, ou seja, eles não vieram do Afeganistão direito para a América para praticar terrorismo. Eles viviam no país que iriam destruir. Levaram anos para estudar o ponto fraco do adversário, na casa do adversário.

E a pergunta que me faço é: Por que eles não se deixaram "corromper" pela cultura e pelo patriotismo americanos? 

É por isso que eles eram vigiados pelos mentores da rede terrorista. Para que não houvesse desertores e, para que o plano desse certo era preciso vigiar cada passo dos homens-bomba.

Realmente é uma lavagem cerebral. Conduzir o cara a atentar contra sua própria vida e de demais.
 
"E isso te tornará salvo. Você e sua família serão perdoados por Alá."

Que não me interpretem mal quando eu digo Alá, já que, como todos sabem, a religião Islâmica não é adepta ao terrorismo.

Os terroristas são esses fanáticos que interpretam o livro sagrado da maneira deles. Um grupo fundamentalista e, lógico, capitalista.

Agora mostrando outra vertente. 

A TV, as revistas e jornais nos mostram a tristeza dos americanos todos os anos, desde a queda das Torres.

É lógico que foi trágico e é lógico que foi uma barbárie.

Mas e o povo Afegão morto nos ataques dos americanos afim de encontrar Bin Laden?

E nós, nos doemos mais pelo povo americano que mostra na TV que são sempre vítimas?

Momento reflexão... acho que a imagem acima diz tudo.


Você poderá gostar também de

0 comentários

Obrigado pelo seu comentário!

Postagens Populares

Like us on Facebook

Flickr Images