O melhor do Porto

16:01:00



Assistindo uma reportagem no último fim de semana sobre Porto e sua culinária senti solitas, solitatis, soedade, soidade, suidade ou simplesmente saudade.

Em um post antigo descrevi um pouco das opções do Comer Bem Português em Porto:  Pois Pois

Mas nada se compara a receptividade que tive.

Minha amiga Ariane mora em Portugal há uns 4 anos mais ou menos. Tive o privilégio de conhecer sua nova família, o Zé e o pequeno Lavi.

Fiquei 3 dias na cidade, mas foram 3 dias intensos, pois queria poder fazer tudo, curtindo ao máximo cada cantinho da cidade. E assim minha amiga procurou me proporcionar um pouco de tudo do Porto.

Que a Polícia Federal não me ouça, mas até bacalhau eu trouxe na mala. Mas já comi também, ou seja, não sobrou nem um pedacinho da prova do crime. E os vinhos? 7 garrafas. Mas já tomei todos também. E os queijos? nham nham nham. E tudo presente do nosso amigo Zé.

O Zé é very important person. Aonde ele vai todos o conhecem. Meio que famoso. Entrávamos num restaurante e lá estava o Zé acenando com as mãos para algum conhecido (ou não).

E ele fazia questão de nos apresentar: Os amigos brasileiros!

Muito bacana esse Zé. Muito bacana essa família que você formou Ari!

Me lembro dos olhinhos cheios de lágrimas de Ariane ao se despedir no aeroporto. Deu uma dó de apertar o coração.

E o pior é que eles estiveram no Brasil e devido ao meu resguardo nem tive a chance de retribuir o carinho.

Volta Ari, volta logo para sassaricarmos em território nacional.

Você poderá gostar também de

1 comentários

  1. Então vai se preparando p sassaricarmos,pois ja estou chegando cheia de saudades...e cm a mala cheia de surpresas...Ms amiga,ve se para de chamar atençao da polícia federal!PLEASE...
    bjs e até breve se Deus quiser!!!

    ResponderExcluir

Obrigado pelo seu comentário!

Postagens Populares

Like us on Facebook

Flickr Images