Minha eterna Molly

10:18:00


Ontem, 20/01/16, perdi minha Cachorrinha (sim, com C maiúsculo) Molly, com seus 14 anos de idade.

Quando inciei o blog falei um pouco sobre ela.

Segue abaixo trecho dessa postagem: 


Há uns anos atrás eu tinha medo, um grande pavor de bichos: Gato, cachorro, coelho, galinha... Achava que aquilo era uma grande bobagem e que eu deveria enfrentar o problema.
    
Resolvi me presentear com uma cachorrinha poodle. O vendedor da loja de pet shop colocou-a dentro de uma caixa de papelão, toda furada para entrar ar, para que eu pudesse dirigir meu carro sem contratempos.

Ela tinha 1 mês de vida. Tinham acabado de operar o seu rabo e ela ainda estava com o curativo. A noite ela chorava de dor. Ela dormia na varanda e quando eu abria a porta de casa ela corria para a sala e eu corria para subir no sofá. Aos poucos eu me aproximava mais dela. Uns quinze dias depois lá estava eu me rendendo aos seus encantos, seus latidos e suas lambidas. E já subia na cama e dormia no meio da gente.
    
Hoje, dia 11 de janeiro ela completa 9 anos de idade. Já está cega de um olho e seus pelos já não são mais brilhosos como antes. Mas eu a amo do mesmo modo.

Quem tem um bicho de estimação sabe muito bem o que é isso. Happy birthday Molly. I love you so much!

E essa é a minha Molly de banho tomado:

Relendo esse post e as lembranças que ela me trás, fico ainda mais sentida pela sua partida. Mas sei que ela foi muito boa pra mim e que eu também consegui retribuir todo o amor que ela depositou em mim, no meu marido e nas minhas filhas.

Obrigada Mollinha.




Você poderá gostar também de

0 comentários

Postagens Populares

Like us on Facebook

Flickr Images