Hoots - a Hooters joint

10:53:00






Já fiz o programa de conhecer o Hooters. O padrão é sempre o mesmo: Moças bonitas de short laranja curto e peitos saltando pelo sutiã de tamanho inferior, recepcionam e atendem numa simpatia que não cabe no peito. Em algumas regiões elas circulam de patins pelo salão

Eu acho o máximo, sabe! Todo o clima descontraído, ambientação, música. Cerveja gelada servida em canecas gigantes. Asinha de frango (as famosas chicken wings). Tem uma pegada meio caipira. E essas garçonetes praticamente debruçam na mesa pra fazer o seu pedido. Seja você homem ou mulher a simpatia é a mesma!

No Brasil, até onde me informei, só existe uma loja da rede em São Paulo. E não sei como funciona o atendimento por lá: Se as garçonetes são mais "oferecidas" ou não. Se são respeitadas pelo público masculino ou não. Digo isso, pois lá na gringa os homens respeitam mesmo. "Pode olhar, mas não pode tocar."


Em Houston
Em Dallas. Sim, levei o marido pra conhecer.

E a coruja está de olhos abertos no mercado da era Trump, pois fiquei sabendo que a Hooters agora abrirá uma nova franquia nos EUA, a Hoots, no intuito de atrair um outro público, onde garçonetes e garçons trabalharão vestidos e o foco será a comida: Junkie também.



Se for pensar pela comida vou preferir sempre o Hooters, junkie porém animado.



Você poderá gostar também de

0 comentários

Obrigado pelo seu comentário!

Postagens Populares

Like us on Facebook

Flickr Images